Vacinação contra gripe é iniciada e ganha mais relevância com a pandemia

Vacinação contra gripe é iniciada e ganha mais relevância com a pandemia

293

Em função da pandemia do Coronavírus, tomar a vacina contra a gripe virou prioridade. E a Campanha Nacional de Imunização contra o vírus influenza, realizada anualmente pelo Sistema Único de Saúde (SUS), já foi iniciada em 12 de abril e vai até 9 de julho. A expectativa do Ministério da Saúde é atender a um público de 79,7 milhões de pessoas – e de vacinar ao menos 90%.

Diante de hospitais lotados, sejam públicos ou privados, tomar a vacina ficou estratégico já que a doença ocorre entre 20% e 30% das crianças e cerca de 10% de adultos no mundo. O público mais atingido é o idoso, já que o quadro gripal pode evoluir para casos mais graves com complicações respiratórias. Portanto, internações por gripe podem sobrecarregar ainda mais o sistema de saúde.

Uma das vantagens da vacinação é que a pessoa uma vez imunizada contra a gripe tem um diagnóstico mais fácil da COVID-19, já que ambas as doenças possuem sintomas muito parecidos.

É importante destacar que o Ministério da Saúde recomenda a quem esteja no grupo prioritário das duas doenças, que tome primeiro a vacina contra Covid-19 – a vacina contra o vírus influenza deve ser tomada ao menos 14 dias depois. No ano passado, a campanha chegou a 95,7% do público previsto, superando a meta inicial.

Acompanhe o calendário de vacinação da sua cidade e fique atento aos prazos. Cuide-se!

ARTIGOS SIMILARES