Meu INSS terá 90 serviços disponíveis em julho

Meu INSS terá 90 serviços disponíveis em julho

829

O INSS divulgou uma lista com 90 serviços que, a partir de julho, estarão disponíveis no site Meu INSS (gov.br/meuinss). O objetivo é reduzir o fluxo de atendimento nas agências e destinar os funcionários do atendimento para análise de benefícios.

Os serviços disponíveis no INSS podem ser consultados no site https://www.inss.gov.br/servicos-do-inss/servicos-em-lista/. O cidadão que não tiver acesso pela internet pode ligar para a Central de Atendimento 135 e fazer o requerimento via telefone.

Com essa mudança, o instituto deixará de fazer cerca de 600 mil agendamentos por mês, que representa cerca de 40% de todos os agendamentos. Somente em alguns casos, o segurado será chamado ao posto para cumprir exigências, como a entrega de documentos. Para isso, é importante manter os dados atualizados no cadastro do INSS, já que é com essa informação que será feito contato.

Com a ampliação no atendimento, a expectativa do INSS é de o prazo de 45 dias para conclusão dos processos dos segurados seja cumprido.

Como usar o Meu INSS

Para usar o Meu INSS é necessário criar login e senha no site www.meu.inss.gov.br. Para isso, o primeiro passo é juntar as carteiras de trabalho, contracheques, além de documentos pessoais, como identidade e CPF.

Ao final de cada passo marque a opção “não sou um robô” para passar à tela seguinte. Ao acessar o portal, logo na primeira página, escolha a opção “login” no topo ao lado direito da tela.

Em seguida abrirá uma janela do cidadão .br, página de cadastro do governo federal. Nela, clique no botão “primeiro acesso”. Na página seguinte, assinale “cadastre-se” que fica do lado direito da tela.

A próxima página vai pedir CPF, nome completo, data de nascimento, nome da mãe e naturalidade para fazer o login. Após preencher todas as informações, clique em “próximo”.

Neste acesso, são feitas cinco perguntas sobre o histórico previdenciário. Depois, é gerado um Código de Acesso, que será trocado por uma senha pelo próprio trabalhador.

Ao final desse passo, clicar em “próximo”. O site pedirá permissão para que os dados sejam usados no Meu INSS. Escolha “autorizo” para prosseguir. Feito, agora todos os serviços podem ser acessados pelo computador.