Petros libera simulador de valores para o PP-3

Petros libera simulador de valores para o PP-3

271

A Petros disponibilizou em seu portal um simulador de valores projetados para o Plano Petros-3, de forma que os participantes possam verificar qual seria a reserva de migração e algumas opções de benefício do plano. A iniciativa vem após a reestruturação do PPSP-R e do PPSP-NR – com a cisão do grupo Pré-70, as alterações de regulamento e a implantação de um novo modelo de equacionamento -, e dá continuidade ao processo de criação do PP-3, plano de modalidade de contribuição definida (CD) proposto pela Petrobras como opção previdenciária exclusiva para os participantes do PPSP-R e do PPSP-NR da companhia. Vale destacar que o plano ainda depende da aprovação de todas as instâncias de governança.

É importante destacar que os valores foram estimados tendo como data-base 30 de abril de 2020 e servem apenas como referência. Os valores efetivos de migração para o PP-3 serão apurados na data de recálculo, que só será definida após a aprovação final do plano pela Superintendência Nacional de Previdência Complementar (Previc). As premissas utilizadas na simulação, como a taxa de juros, também podem sofrer alterações. Além disso, a condição como participante (ativo, aposentado ou pensionista) será ajustada em função de sua situação na data do recálculo.

As informações da simulação são individuais e, para acessá-las, é preciso digitar matrícula e senha Petros. Para verificar a simulação, acesse aqui ou no banner disponível no aplicativo.

Na simulação, o participante do PPSP-R e do PPSP-NR ligado à Petrobras pode verificar o valor da reserva de migração individual – quanto seria transferido para o novo plano, com base em dados cadastrais e financeiros individuais. Também é possível verificar três cenários de saque único (5%, 10% e 15%) do saldo da conta de benefício concedido.

Vale lembrar que a proposta do PP-3 prevê que, no momento da migração ou da aposentadoria, o participante opte por uma de três opções de recebimento de renda mensal: prazo indeterminado, em que o pagamento é feito com base no saldo de conta e expectativa de vida do participante; prazo determinado, com o benefício calculado com base no saldo de conta por um período de 15 a 45 anos; ou renda mensal baseada num percentual do saldo de conta, que varia de 0,2% a 1%. A simulação mostra as diferentes opções de recebimento de renda sem saque único e com saque de 5%, 10% ou 15%.

A simulação também apresenta um quadro comparativo entre o valor do benefício recebido atualmente pelo assistido ou projetado para o ativo no momento de sua aposentadoria e o valor que seria recebido no PP-3.

Enquete sobre migração

Ao fim da simulação, após verificar os valores projetados para o PP-3, o participante deve responder a uma enquete sobre sua intenção de migração voluntária para o novo plano. Basta clicar sim ou não. Conhecer o interesse dos participantes em migrar para o PP-3 é importante para auxiliar nos cálculos atuariais e estudos de liquidez do novo plano.