PED 2015: prazo para escolha do pagamento vai até o dia 8 de julho. O que fazer?

PED 2015: prazo para escolha do pagamento vai até o dia 8 de julho. O que fazer?

223

Termina amanhã, dia 8 de julho, o prazo para a escolha do pagamento das contribuições extraordinárias do PED-2015. Lembrando que essa escolha é destinada aos participantes que ficaram com parcelas suspensas devido às decisões judiciais.

É importante destacar que as cotas devem ser pagas, pois as liminares foram suspensas por decisão do Superior Tribunal de Justiça e, portanto, perderam seus efeitos. Na época, a Associação alertou que essa cobrança retroativa poderia ocorrer e orientou que os valores fossem poupados para evitar contratempos financeiros posteriormente.

A Petros disponibilizou três formas de pagamento, que foram atualizadas pela meta atuarial do plano:

– O montante devido pode ser pago à vista,
– Parcelado em até dez vezes o tempo em que as contribuições extras ficaram suspensas
– Ou pelo prazo máximo correspondente à expectativa de vida do participante.

O parcelamento tem prestações fixas de ao menos R$ 50 e inclui um valor destinado ao fundo de quitação por morte, para garantir que, em caso de falecimento, não haja prejuízo para o plano nem para os demais participantes. Vale destacar que a opção do parcelamento selecionada no Portal é irrevogável e não poderá ser alterada. A dívida apenas poderá ser quitada integralmente por meio de emissão de boleto.

Para escolher a forma de pagamento, o participante deve entrar no hotsite do novo modelo de equacionamento, acessar a aba Parcelamento PED-2015 e, depois, ir para “Clique aqui para fazer o parcelamento”. Após informar matrícula e senha Petros, o participante entra no ambiente de opção de parcelamento, onde pode verificar detalhes como valor do saldo atualizado e das prestações para cada forma de pagamento e data de início. O ambiente de opção de parcelamento também está disponível no aplicativo da Petros. Basta clicar no banner e seguir as orientações.