Indenizações do DPVAT passam a ser pagas pela Caixa

Indenizações do DPVAT passam a ser pagas pela Caixa

215

No dia 16 de janeiro, a Superintendência de Seguros Privados (Susep) informou que a Caixa Econômica Federal será o novo gestor do DPVAT, seguro obrigatório usado para indenizar vítimas de acidente de trânsito. A instituição passará a receber todos os avisos de sinistros que tenham ocorrido a partir de 1° de janeiro de 2021. Acidentes ocorridos até 31 de dezembro de 2020, independentemente da data de aviso, permanecem sob responsabilidade da Seguradora Líder.

A partir de hoje, 18 de janeiro, todas as solicitações de indenização poderão ser feitas nas agências da Caixa. Para facilitar ainda mais as vítimas de acidentes, em cerca de duas semanas será lançado o aplicativo DPVAT, que permitirá o envio de documentos e o acompanhamento da solicitação de indenização.

Já os pagamentos serão feitos por meio do banco digital da instituição financeira: o Caixa Tem. Quem não tiver conta no banco digital, poderá abrir de graça.

Para esclarecer dúvidas sobre o DPVAT, a Caixa Econômica Federal disponibilizou o telefone 0800 726 0207 e lançou uma página em seu site. Clique aqui e confira.

Link: https://www.caixa.gov.br/servicos/dpvat/Paginas/default.aspx

Conheça os três tipos de cobertura do seguro DPVAT

Despesas Médico-Hospitalares (DAMS): esse tipo de cobertura reembolsa a vítima de trânsito com gastos referentes ao seu tratamento. Pode ser um exame, um remédio, uma cirurgia e fisioterapia.

Invalidez Permanente: paga às vítimas de trânsito um valor quando estes ficam com alguma sequela permanente após o acidente, como a perda de movimentos ou de um membro. O valor da indenização vai depender do grau de invalidez que a vítima apresentar.

Morte: o valor da indenização por morte é paga aos herdeiros legais da vítima de trânsito.