Recadastramento dos aposentados da AMS ainda sem data para começar

A AMS ainda continua sem data definida para iniciar o recadastramento dos aposentados e pensionistas. O prazo dado anteriormente pela Assistência foi adiado, sem remarcação de nova data.

O recadastramento é obrigatório para todos os beneficiários, inclusive os das seguintes empresas do Sistema Petrobras: Transpetro, Petrobras Biocombustível, Termobahia e TBG. A Petrobras Distribuidora não participa deste recadastramento.

Para manter-se atualizado sobre a nova data do recadastramento, acesse nosso site www.ambep.org.br e acompanhe os nossos informativos. Será feita uma ampla divulgação do processo em momento oportuno.

O objetivo do recadastramento é para oferecer uma melhor gestão do plano de saúde, além de atender recomendação de auditoria externa. Com a atualização dos dados, é possível ter projeções atuariais baseadas em informações mais precisas.

Atualmente, a AMS tem cerca de 290 mil beneficiários entre empregados, aposentados, pensionistas e seus dependentes. O último processo de recadastramento foi realizado entre os anos de 2008 e 2009. Por este motivo, informações sensíveis, como a data de nascimento e nome do beneficiário, precisam ser validados para garantir que os custos projetados do nosso plano de saúde sejam confiáveis.