AMS: beneficiários com pagamento em contracheque podem fazer atualização cadastral até 30 de outubro

Beneficiários aposentados e pensionistas com pagamento em contracheque e que não realizaram o recadastramento conseguirão fazer a atualização cadastral até o dia 30 de outubro. A renovação poderá ser efetuada pelo Botão Compartilhado, no serviço ‘Atualização Cadastral AMS’ ou na Central de Relacionamento RH, antigo Posto Avançado. Confira, a seguir, respostas da AMS sobre algumas dúvidas.

Quem não fez o recadastramento poderá ter a AMS suspensa?
Depois da data-limite de 30 de outubro de 2018, sim. De acordo com o Regulamento da AMS, Cláusula 93ª, Parágrafo Único – letra ‘M’, o benefício poderá ser suspenso após esse prazo, caso a atualização cadastral não seja efetuada.

Como posso saber se meu recadastramento foi concluído ou se existem pendências?
Os formulários ainda estão sendo avaliados. Caso haja necessidade de incluir documentação complementar, o RH/AMS entrará em contato com o associado. O importante é que sua validade na AMS estará mantida até que esta análise seja concluída.

Meu protocolo foi devolvido solicitando informações ou documentos complementares. O que devo fazer?
Basta abrir o link enviado e fazer as correções solicitadas. Mas, se o protocolo tiver mais de 10 dias, ele estará cancelado. Neste caso, será necessário fazer a atualização cadastral pelo Botão Compartilhado até o dia 30 de outubro.

Em caso de dúvidas, entre em contato com a AMS.

Fonte: ams.petrobras.com.br