Petros informa que cobrança de parcelamento do PED-2015 será retomada

Foi revogada a liminar concedida pelo Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro ao Sindicato Nacional dos Participantes das Entidades Fechadas de Previdência Complementar (Sinprev) que estabelecia que a Petros realizasse a cobrança de 50% do valor referente ao parcelamento do PED-2015 do PPSP-R e

do PPSP-NR.

Lembramos que a liminar se restringe ao parcelamento do PED-2015, portanto, não impactou a cobrança de outros planos de equacionamento vigentes, conforme disposto na decisão judicial.

Quer saber mais: https://www2.petros.com.br/web/guest/w/equacionamento-cobran%C3%A7a-de-parcelamentos-do-ped-2015-ser%C3%A1-retomada