Petros divulga as Políticas de Investimentos 2021-2025

Petros divulga as Políticas de Investimentos 2021-2025

295

A Petros anunciou em seu portal que foi realizada uma revisão das suas políticas de investimentos para os próximos cinco anos (2021-2025), de forma a atualizar os objetivos e as diretrizes de gestão de ativos, como ocorre anualmente, bem como o cenário econômico e os critérios de exposição a risco em busca de rentabilidade.

Dentre as mudanças anunciadas está o aumento do limite máximo de alocação no segmento de investimentos no exterior, que passará de 5% para 10% em conjunto com a redução do limite máximo da exposição à renda variável, de 45% para 40%. Essa é uma significativa mudança, pois a Petros ainda não possui investimentos no exterior. O processo due diligence dos gestores para investimentos no exterior está na fase final e, segundo a Fundação, as alocações serão iniciadas de forma gradual, por meio de um projeto-piloto, ainda neste primeiro semestre, considerando sempre as condições macroeconômicas e de mercado.

Essas novas políticas foram aprovadas pelo Conselho Deliberativo e darão continuidade ao trabalho de reciclagem e desconcentração das carteiras que vem sendo conduzido pela atual gestão, que busca diversificação na composição do portfólio de investimentos, em especial em renda variável.

Para 2021, a estratégia da Fundação é avançar ainda mais na agenda de gestão ativa de investimentos, com destaque para fundos de gestão própria, que têm potencial de gerar um diferencial na rentabilidade como já ocorreu em 2020. Esse foi fator-chave para o desempenho dos investimentos no ano passado, revertendo o cenário após os impactos da pandemia. Na ocasião, a Petros recuperou 23 pontos percentuais na rentabilidade.

Para saber mais, os participantes têm acesso às políticas de investimentos, que estão disponíveis na Área do Participante, no Portal Petros.