Inscrições abertas para as eleições dos Conselhos Deliberativo e Fiscal da Petros

Inscrições abertas para as eleições dos Conselhos Deliberativo e Fiscal da Petros

319

A Petros lançou o edital de convocação para as eleições dos seus conselhos Deliberativo e Fiscal, que se realizarão entre os dias 2 e 16 de setembro. Neste pleito, serão eleitas duas duplas de titular e suplente para um mandato de quatro anos no Conselho Deliberativo. Vale ressaltar que uma das duplas será formada por assistidos (aposentados e pensionistas) e a outra chapa, após o preenchimento da primeira vaga, pode ser integrada por ativou ou assistidos. Já para o Conselho Fiscal, será eleita uma única dupla de assistidos.

Para se inscrever, o titular e seu suplente precisam apresentar toda a documentação exigida, relacionada no edital, até as 17h do dia 18/6. Os candidatos podem fazer sua inscrição por e-mail (comissaoeleitoral@petros.com.br), na sede da Petros (R. do Ouvidor, 98) ou nos escritórios do Rio de Janeiro e de Salvador.

Pré-requisitos dos Candidatos

Assim como ocorreu na eleição de 2017, os eleitos precisam cumprir uma série de requisitos estabelecidos pela Superintendência Nacional de Previdência Complementar (Previc) para serem habilitados e certificados no cargo de conselheiro. Além de ser assistido, é preciso ter mais de 21 anos e contribuir há pelo menos dois anos seguidos para algum plano de benefício administrado pela Petros. A segunda vaga no Conselho Deliberativo pode ser ocupada por participante ativo ou assistido, que deve preencher os mesmos requisitos.

Essas exigências têm o objetivo de garantir a profissionalização da função. São elas:

• Ter experiência profissional comprovada de, no mínimo, três anos no exercício de atividades nas áreas financeira, administrativa, contábil, jurídica, de fiscalização ou de auditoria;

• Não ter sofrido condenação criminal transitada em julgado;

• Não ter sofrido pena administrativa por infração da legislação à seguridade social, inclusive de previdência complementar ou como servidor público;

• Não ter sofrido penalidade por infração ao Código de Condutas Éticas da Petros;

• Ter reputação ilibada nos termos da legislação vigente;

• Ter ciência de que, se eleito, deverá ser certificado conforme os normativos da Previc vigentes à época.

• Ter conhecimento dos documentos que compõem o Programa de Integridade da Petros;

• Comprometer-se a ler e assinar, se eleito, o termo de ciência e concordância com o Código de Condutas Éticas e demais políticas e normativos da Petros.

regulamento eleitoral também já pode ser acessado.

Principais datas do processo eleitoral

4/6: Divulgação do edital e início do período de inscrições

18/6: Fim do prazo para inscrições

24/6: Divulgação dos candidatos inscritos

2/9: Início do período de votação

16/9: Fim da votação

Após o período de inscrição e de validação das candidaturas, os eleitores terão acesso ao currículo e à proposta de trabalho de cada dupla que se candidatar.

Todo o processo eleitoral será acompanhado e certificado por empresa especializada em segurança da informação. A apuração dos votos começará meia hora após o encerramento da votação e será acompanhada por fiscais indicados pelos candidatos. O resultado deve ser divulgado cerca de uma hora após o fim da votação.

Fonte: Portal Petros

Acesse aqui:

Edital de convocação

Regulamento eleitoral

Requerimento de inscrição

Termo de responsabilidade do titular

Termo de responsabilidade do suplente

Código de Condutas Éticas

Programa de Integridade