ACT: carta enviada ao RH da Petrobras

ACT: carta enviada ao RH da Petrobras

532

No dia 31/08 (quarta-feira) a FUP (Federação Única dos Petroleiros) enviou uma carta para o RH da Petrobras cobrando continuidade da negociação coletiva, prorrogação da vigência do atual ACT e a manutenção da data-base. Também foi solicitada uma nova reunião presencial entre as partes para o dia 05/09 às 15h onde será apresentado o resultado final das assembleias, que prosseguirão até a véspera, no dia 04/09 (domingo).

Veja as contrapropostas encaminhadas para a Petrobras, através da FNP:

– Custeio da AMS em 70×30; margem consignável de 13%, fim do reajuste pelo VCMH em março e fim da 13ª contribuição e impedimento da cobrança por boleto;

– Reajuste salarial de 12% para compensar perdas inflacionárias dos últimos anos e reajuste real nas tabelas salariais;

– Manutenção da cláusula e/ou parágrafo de estabilidade no emprego para Petrobrás e subsidiárias;

– Manutenção do adicional da Mestra Nacional do CNCL e negociação de novo adicional de oleodutos (extramuros e intramuros);

– Garantia para os embarcados, em todo o país, dos itens previstos até então somente para a Bacia de Campos e Espírito Santo, em nome da isonomia e da necessidade específica deste regime especial, do auxílio desembarque, dia do desembarque e turno da manutenção;

– Exclusão da cláusula referente ao trabalho de turno com relação trabalho/folga 1×1;

– Regramento do Teletrabalho, a serem negociadas as cláusulas já encaminhadas à companhia, especialmente no que toca às condições de trabalho e à sua escala;

– Abono das horas de fim de ano e quarta-feira de cinzas;

– Pagamento do Adicional de Permanência no Estado do Amazonas e adicional de campo terrestre para todos que fazem jus;

– Manutenção da cláusula da Contribuição Assistencial nos moldes do atual ACT.