Carta aos Associados da AMBEP

Carta aos Associados da AMBEP

361

Prezados  Associados e Associadas,

Neste 1.º de julho de 2022, exatos 52 anos da criação da nossa PETROS em 1970 – sonho acalentado por valorosos companheiros da PETROBRAS por mais de uma década – é hora de reafirmarmos os nossos compromissos à frente da AMBEP.

Além da defesa dos princípios que nortearam a criação da nossa Fundação PETROS e dos direitos previdenciários de seus Mantenedores-Beneficiários, a AMBEP tem se empenhado em promover o convívio social e as atividades culturais e de lazer aos seus quase 30.000 Associados – petroleiros e petroleiras em atividade,  ou aproveitando a aposentadoria – visando manter vivo o companheirismo entre eles e mais 150 mil beneficiários. Contamos para isso com 33 Unidades Regionais em todo País.

Se, por um lado, a pandemia nos últimos dois anos diminuiu as oportunidades de congraçamento em almoços, comemorações e excursões, a AMBEP ficou ao lado dos Associados, contribuindo na procura de lojas, escolas, faculdades, farmácias e médicos conveniados, por meio do IPAM – Indicação de Profissionais da Área Médica, além dos programas de assistência funeral (o Pós-Vida), e também de seguros de automóveis e de residências, além de oferecer atendimentos presenciais em nossas unidades. Utilizando protocolos de segurança, conseguimos ajudar os nossos Associados, na maioria idosos, com presteza e dedicação, no encaminhamento de assuntos importantes, como solicitação de Benefício-Farmácia, dar entrada em apólices de Pecúlio, preencher e enviar comprovantes para a Saúde Petrobras, acionar serviços do Pós-Vida, etc.

Ao lado dos Associados em todas as horas, a Diretoria da AMBEP quer manter vivo o espírito daqueles petroleiros que durante 10 anos, na década de 60, trabalharam para a criação da nossa entidade de previdência.  Os Ambepianos podem confiar que a AMBEP continuará contribuindo, não só para o estreitamento de relações entre os nossos Associados, mas também para o aperfeiçoamento da gestão dos planos previdenciários, aliando-nos, nessa tarefa, com outras entidades representativas dos empregados das empresas patrocinadoras dos planos geridos pela nossa PETROS. Com firmeza, equilíbrio e responsabilidade, a AMBEP não se furtará a cumprir o papel que lhe foi outorgado pelos legítimos e reais desígnios de gerações de Mantenedores-Beneficiários da nossa Fundação PETROS

Atenciosamente,

Júlio Guedes da Conceição

Presidente da AMBEP