‘Não perturbe’ dos bancos começa a funcionar

‘Não perturbe’ dos bancos começa a funcionar

768

No dia 2 de janeiro, deu início a plataforma que permite bloquear ligações telefônicas com ofertas de empréstimo consignado. Com o nome de “Não perturbe”, a ferramenta tem o objetivo de impedir o assédio comercial de bancos e financeiras com ofertas de operação de crédito consignado.

A plataforma foi desenvolvida pela Federação Brasileira de Bancos (Febraban) e pela Associação Brasileira de Bancos (ABBC), em parceria com o Ministério da Justiça e Segurança Pública e o INSS. O “Não perturbe” reúne 31 instituições que representam cerca de 98% do volume da carteira de crédito consignado em todo o país.

 Para utilizar o serviço, é necessário que o consumidor cadastre todos os telefones fixos e móveis, relacionados ao seu CPF, para bloquear chamadas indesejadas com ofertas de empréstimo consignado e cartão de crédito consignado. O bloqueio passa a valer 30 dias após o cadastro.

O cadastro pode ser feito no site www.naomeperturbe.com.br

O bloqueio valerá por um ano e o consumidor poderá escolher se bloqueia instituições específicas, ou, ainda, todo o segmento. O sistema é o mesmo que está em funcionamento desde julho do ano passado para o bloqueio e ligações de telemarketing de empresas de telecomunicações.

Vale destacar que o crédito consignado é um tipo de empréstimo em que a prestação é descontada do salário ou do benefício previdenciário. Portanto, só pode pedir esse tipo de empréstimo quem é funcionário com carteira assinada, quem é servidor público ou quem é aposentado e pensionista do INSS.