Boleto bancário após vencimento poderá ser pago em qualquer instituição

Boleto bancário após vencimento poderá ser pago em qualquer instituição

573

pagamento

A partir de março, milhões de brasileiros mudarão a forma como pagam suas contas. Devido às fraudes milionárias nos últimos anos, o boleto bancário será modernizado e permitirá ao cliente a possibilidade de pagamento em qualquer banco mesmo após a data de vencimento.

A mudança é resultado de um projeto desenvolvido pela Federação Brasileira de Bancos (Febraban), que permitirá que todos os boletos sejam cadastrados em plataforma única até o fim de 2017. Atualmente, sem o registro, o banco só toma conhecimento da emissão do boleto quando o documento bate na compensação, o que facilita a atuação de criminosos. Somente em 2015 foram emitidos 3,7 bilhões de boletos, o que chamou a atenção de quadrilhas que se especializaram em fraudar os documentos. Resultado: em 2016, o volume desviado com golpes chegou a R$ 320 milhões, de acordo com a Febraban.

Com o novo sistema, problemas como erro no preenchimento de informações e o pagamento de títulos em duplicidades poderão ser evitados. As mudanças ocorrerão de forma gradual. Em março, entrarão no novo sistema os boletos emitidos acima de R$ 50 mil. Dois meses depois, faturas no valor a partir de R$ 2 mil passarão a ser registradas. O cronograma se estenderá até dezembro, quando 100% das cobranças devem estar na plataforma.

Embora o registro por parte das empresas não seja obrigatório, a adesão ao novo sistema deve ser ampla, já que os títulos que não estiverem na plataforma só poderão ser pagos no banco ao qual estão vinculados. Dessa forma, os fraudadores provavelmente monitorarão as empresas que operarem sem o registro.